[Resenha] Amor, Histórias e Cupcakes — Sue Watson

Oioi gente!

Eu vim trazer mais uma resenha, dessa vez do segundo livro da minha TBR. Sério, eu estou me superando com tantas resenhas em uma semana, dá até um orgulhozinho por estar cumprindo minhas metas sem enrolação.

Eu ganhei esse livro de uma amiga muito querida e finalmente posso dizer que LI AMOR, HISTÓRIAS E CUPCAKES! Nossa, vocês não tem noção do quanto enrolei antes de finalmente tomar vergonha na cara e finalizar a leitura.

amor, histórias e cupcakesFaye Dobson perdeu seu brilho. Vivendo de fantasias cinematográficas e vagas memórias do que seu casamento já foi, ela não pode evitar o sentimento de que a vida está passando por ela. Faye sonha em ser sequestrada para um jantar em Paris, fazer três desejos na Fontana di Trevi e fazer sexo sob as estrelas. Mas as rugas começam a aparecer, a paixão de seu marido é pelo trabalho e o mais perto que ela chegará de Roma é o delivery de pizza. Quando Faye conhece Dan, um lindo surfista australiano que trabalha na delicatessen da cidade, ela não consegue deixar de pensar em como seria conhecer o mundo. Ele é loiro, bronzeado, dez anos mais novo e faz o melhor cupcake de limão. Diferente de seu marido, Dan realmente a ouve, seus sorrisos fazem com que ela se sinta quente e quando ele sorri… Ai, Meu, Deus. Mas será que Faye está sendo boba? O que Dan veria em alguém como ela? E, mesmo que visse algo, ela poderia desistir de tudo para ficar com ele? Uma comédia hilária e cativante sobre como tomar as rédeas de sua vida, antes que seja tarde demais.

Saraiva – Submarino

Editora: Pandorga     ano: 2016     Páginas: 300     autor: Sue Watson

IMG_20170723_1022327421O livro conta a história de Faye Dobson, uma mulher com mais de 40 anos e que passou a vida se dedicando à família. Após engravidar de Emma, Faye abriu mão de entrar em uma universidade e se contentou em casar-se com o pai de sua filha, fazendo de tudo para criá-la. Agora, no entanto, com Emma crescida e fora de casa, a relação de Faye com o marido, Craig, parece insustentável. Os dois não agem como um casal, e Craig poderia facilmente trocá-la por tubos de encanação.

É isso? […]. Apenas um sutiã antigo, seios envelhecidos e sexo com o mesmo homem até que eu morra? Sem cadeiras vazias nas mesas do terraço, sem dança sob as estrelas e sem champanhe no gelo esperando por mim?

Em mais uma das inúmeras noites em que Craig a deixa sozinha para apreciar a companhia da televisão, Faye encontra uma mochila antiga, com sonhos de sua adolescência. Entre os achados, está sua “lista para a vida”, com vários itens ainda não cumpridos, e um postal com a imagem de um terraço em Nova York.

Apesar de anos mais velha e mais sábia, a imagem ainda tinha o mesmo efeito sobre mim. Um terraço em Nova York em uma enevoada noite dourada, as estrelas surgindo no céu, as luzes da cidade brilhantes e distorcidas abaixo. Duas taças e uma garrafa de champanhe em uma mesa para dois, e, se você continuasse a olhar, a distância, um casal dançando nas sombras.

Usando as roupas de Emma para aplacar a saudade e se dedicando todos os dias a rotina monótona, Faye conhece Dan, um surfista bronzeado, lindo e viajado que trabalha na delicatessen, e seus sonhos e a vontade de viver tudo que não teve oportunidade vem à tona.

Dan é bonito e de sorriso fácil, tem trinta e poucos anos, e quando Faye fala, ele para para ouvi-la, como se ela fosse a mulher mais importante do mundo. E, afinal, por que ela não poderia ser? Se não a mais importante, pelo menos aquela de quem se orgulhasse e que lutasse por seus sonhos.

E então a antiga Faye renasce, cheia de desejos, com uma vontade louca de completar sua lista de vida e de estar naquele terraço em Nova York, com duas taças, uma garrafa de champanhe e uma mesa para dois. E para completar sua lista, a protagonista contará com a ajuda de um surfista maravilhoso, sempre pronto para embarcar em uma boa e alucinante aventura.

O Dan é aquele personagem cativante e perfeitinho. O cara surfa, vive viajando, sabe cozinhar de tudo e é lindo. Ah, e ele gosta de ler! Cadê o meu Dan? De hoje em diante, entrarei em todas as delicatessens do mundo, até encontrar o meu Dan, maravilhosamente bronzeado e com cupcakes de limão a minha espera.

O livro também conta com personagens secundários muito engraçados. Sue, a melhor amiga de Faye, é uma mulher solteira, com mais de quarenta anos, que foi traída pelo marido. Ela acredita em horóscopo e não sai de casa sem antes ver o que o destino a reserva, além de se aventurar em relacionamentos virtuais que acabam não dando nada certo, enquanto, no fundo, espera que seu ex-marido volte. Minha maior decepção com o livro foi a autora não ter dado um final feliz para a Sue, deixando seu final em aberto.

— Não tenho a pretensão de “ser feliz”, amor. Só tento passar cada dia sem cometer suicídio ou assassinato. Isso é o que importa, não é?

— Sue

Amor, Histórias e Cupcakes foi uma leitura divertida. A protagonista é engraçada e parece sempre ter o que falar, mesmo nos momentos mais inoportunos.

Esse estilo de leitura, com protagonistas mais velhas que buscam mais do que uma rotina monótona, vem crescendo bastante e conseguindo seu espaço no mercado. É hora de acabar com o tabu de que casamento tem que ser para a vida toda. Não, não precisa ser assim. Se a pessoa se sente infeliz e sobrecarregada, ou até mesmo se apaixonou novamente, é melhor que termine, de forma sincera e sem traição.

O livro é narrado em terceira pessoa e a diagramação da editora Pandorga está maravilhosa, com as folhas levemente amareladas e com o papel mais firme. E tem essa capa, né gente? Está um arraso! Tenho certeza que a minha amiga me deu o livro por causa dela.

Ah, deem uma lida na mensagem muito sábia abaixo: “A vida é curta; coma bolo”. Siiim!

IMG_20170723_101108913 (1)

Espero que tenham gostado da resenha ❤

Anúncios

9 comentários sobre “[Resenha] Amor, Histórias e Cupcakes — Sue Watson

  1. Oi Duda, muito amorzinho esse livro! Sua resenha ficou muito boa, bem completa.
    Passando pra avisar que vc foi indicada para fazer a Tag Deuses do Olimpo, vou deixar o link aqui, assim que vc postar, passa lá no meu blog avisando para eu voltar aqui e ver como ficou! Beijos. :*

    Curtido por 1 pessoa

    • Oi Sabrina! Também amo essa capa, ela é uma das mais bonitas da minha estante ❤
      Ahhh, que legal que você me indicou na Tag, eu amo tags ❤ vou correndo dar uma olhada e pode deixar que quando responder eu te aviso 🙂
      Beijos!!!

      Curtir

  2. Olá,
    Primeiramente, parabéns por estar conseguindo cumprir com suas metas. Esse ano eu estou falhando nisso. 😦
    Esse livro parece ser um amorzinho mesmo. Adorei essa capa!
    Livros divertidos são ótimos para curar uma ressaca literária hahah.
    Eu amei a sua resenha e fiquei super curiosa. Vou anotar aqui.

    Beijos,
    Ler Antes De Dormir.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s