[Resenha] O Refúgio do Marquês — Lucy Vargas

Oioi gente!

Faz tempo que li O Refúgio do Marquês, da Lucy Vargas, mas infelizmente só consegui escrever uma resenha digna agora.

A Lucy é brasileira e eu fiquei muito contente em saber que temos autores maravilhosos e que representam tão bem o meu gênero literário favorito. Por isso, depois de algumas semanas sumida, resolvi retornar com a resenha de um livro que significou muito para mim.

O-Refugio-do-Marques-Capa800

“Agora você é meu refúgio e, com certeza, o mais belo”.

Henrik e Caroline não poderiam ser mais diferentes.

Ele, o Marquês de Bridington, é um homem selvagem e inapropriado, que vive há anos no campo, fugindo dos fantasmas do seu passado obscuro e repleto de segredos.

Ela, Caroline Mooren, a Baronesa de Clarington, é uma jovem destemida, com um passado doloroso, que recebe a missão de reformar a mansão e talvez o marquês, ao menos é o que a marquesa viúva espera.

Ele é um caso perdido. Ela é uma mulher com um futuro incerto. Mas juntos, eles se completam e acendem a chama da paixão, que ambos acreditavam estar completamente extinguida, trazendo à tona segredos e temores que ambos escondem.

Se reerguer sob o peso do passado será uma batalha que ultrapassará os limites do refúgio que o marquês pensa ter construído, mas será que o amor é capaz de ultrapassar tantas barreiras e vencer, ou eles perderão tudo outra vez?

Editora: Charme     ano: 2015     Páginas: 312     autor: Lucy Vargas

AmazonEditora CharmeSkoob

Caroline Mooren, a baronesa de Clarington, finalmente ficou viúva, algo que ela não lamentava nem um pouco. Bonita, jovem e destemida, a única coisa de Caroline não tem é dinheiro. Por outro lado, Hilde Preston, a marquesa viúva, tem de sobra e pretende usar isso ao seu favor. Sabendo do problema financeiro de sua parente distante, a ardilosa marquesa oferece a Caroline um teto e uma boa quantia para se manter, se a moça conseguir dar um jeito em Bright Hall antes que a casa caia sobre a cabeça do selvagem Marquês de Bridington.

— E seu filho está procurando uma… Governanta? 

— Não. Meu filho está fora de si. Eu estou contratando você para tomar conta dele.

— Dele? — Ela franziu o cenho.

— De certa forma. Preciso que acabe com aquela bagunça. Recupere a casa, arranje criados, mande limpar tudo e sirva boas refeições — Resumiu Hilde.

— E o que a marquesa pensa disso? — Caroline perguntou, num tom desconfiado.

— Nada. Talvez até você terminar, ela já tenha ido descansar em paz.

Henrik Preston é o oposto de um homem com seu título: sempre queimado de sol (e Caroline acredita fielmente que para alguém pegar um bronzeado daqueles, precisa estar trabalhando ao ar livre seminu), botas sujas, barba por fazer, com o maldito botão de sua camisa aberto de forma indecente e, pelo que a nova convidada pode comprovar, não tem a mínima noção de como tratar uma dama. Pelo visto não é apenas a casa que precisa de uma repaginada, seu dono também.

Depois de se instalar em Bright Hall e ignorar os protestos do marquês quanto a isso, Caroline começa a descobrir que aquele não é um lar comum. Para começar, o marquês não é viúvo. Sua mulher Roseane é uma enferma que nunca sai da cama e lança sopas voadoras a uma distância assustadora. E há Lydia, a filha de cinco anos do casal.

— Lydia, esta é Lady Caroline. Ela é uma parente distante de sua avó. E ela resolveu se instalar aqui em casa porque é completamente insana e nunca para de falar. Mas é uma dama, então a trate como tal.

A garotinha é adorável, e quase tão selvagem quanto o pai. É preciso que Lady Caroline arregace as mangas, ignore os maus comentários das damas da alta sociedade que veem sua estadia em Bright Hall como uma ameaça, já que a mãe de Henrik jura que logo seu filho ficará viúvo e estará disponível, e reze para não acabar matando o marquês por sua falta de modos, indisciplina e comentários afiados que a tiram do sério:

— Esse estábulo está mais bem cuidado do que a sua casa estava antes.

— Obrigado pelo elogio. Tenho certeza de que os cavalos vão adorar saber disso.

O livro é narrado em terceira pessoa e eu fiquei muito encantada pela escrita da autora. Ela flui naturalmente e tem aquela pitada de humor sarcástico que torna os romances de época únicos para mim. O Refúgio do Marquês tem pouco mais de 300 páginas e eu li tranquilamente em duas madrugadas, em meio a gargalhadas e algumas lágrimas.

Não é o primeiro livro do gênero que eu leio de um autor nacional, mas com certeza a Lucy está no topo da minha lista de favoritos. Ela soube acrescentar humor, drama e romance na medida certa, sem muito exagero.

O segundo livro, Uma Dama Imperfeita, está disponível em e-book ou no Kindle Unlimited e pelo que eu andei lendo nas recomendações, parece estar ainda melhor que o primeiro.

Espero que tenham gostado da resenha ❤

Ah, não se esqueçam que está rolando sorteio. É só clicar aqui para participar.

Anúncios

5 comentários sobre “[Resenha] O Refúgio do Marquês — Lucy Vargas

  1. Eu já tinha visto esse livro, mas não peguei pra ler. Esse não é meu gênero habitual de leitura, antigamente até gostava só que mais dos clássicos como morro dos ventos uivantes. E eu não sabia que a autora era brasileira. Até estou pensando em ler, amei sua resenha do livro ❤
    Beijos!

    Curtir

  2. Olá!
    Adorei a sua resenha! Está muito gostosa de ler e despertou uma vontade imensa de ler, porque é o gênero que estou lendo loucamente de um tempo pra cá. Não conhecia esse livro, e é mais um que quero ler, com toda certeza vou procurar, estou super curiosa para saber o que vai rolar nessa bagunça toda e o se o herói vai dar uma repaginada em seus modos. rsrs

    Beijos

    https://aventureirasliterarias.wordpress.com/

    Curtir

  3. Pingback: Os Melhores Livros Para Presentear Quem Você Ama | Aspas & Vírgula

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s