[Resenha] Antologia Mulheres Fatais

m (1)Contos Policiais com Foco em Mulheres.

“Deve-se temer mais o amor de uma mulher do que o ódio de um homem.”

Sócrates

Editora: Illuminare     ano: 2017     páginas: 64     autores: Amélia Greier, Beatriz Andrade, Bruno Sérvulo, Cecilia Torres, Gustavo Cruz Jorge, Jefferson Azevedo Terra, Najara Oliveira, Perla de Castro, Regiane Silva, Rô Mierling, Thaynara Melo, Viviane Dutra.

Editora IlluminareLivraria Illumiare

Há uns dias eu estava comentando com uma amiga sobre a falta de representatividade feminina em alguns livros, então recebi Mulheres Fatais, um livro repleto de contos sobre mulheres objetivas, calculistas, que sobreviveram a traumas ou lutam para seguir em frente.

Logo no início o Tito Prates, escritor e pesquisador literário, reúne em uma espécie de prefácio, mulheres que marcaram a literatura mundial e aquelas que marcam a nossa vida constantemente.

“Restam então duas mulheres fatais no mundo do romance policial: as terríveis, espertas e astutas detetives e as escritoras de romance policial. Sim, elas são fatais, cada uma à sua maneira.”

Os contos variam entre a primeira e terceira pessoa e são muito bem escritos, os personagens são bem construídos e os autores souberam aproveitar cada página. É o primeiro contato que eu tenho com a Editora Illuminare e ela me surpreendeu muito, a diagramação está muito boa e a capa faz jus ao livro. Eu realmente fiquei encantada, o gênero policial, como eu já comentei diversas vezes, é o meu favorito e eu me apaixonei por Mulheres Fatais. Mas não era para menos, né? A Editora é famosa por suas antologias e essa está excelente.

Escolhi dois contos para citar na resenha: o primeiro é Jeito Fatal, da Amélia Greier. Nele, Marina, uma jovem que chega em casa aparentemente drogada, relembra momentos de sua vida entre sonhos e a lucidez. De como sua mãe a tratava quando era mais nova e a culpa que atribuía a garota por ter aberto mão da carreira promissora de modelo. Toda a pressão exercida pela mãe de Marina contribuíram para seu estado atual. Não vou mentir, é um pouco agoniante a situação. Você está lendo e observando de longe as coisas que fizeram uma garota com um futuro inteiro pela frente desistir de tudo.

E o segundo Bela Como o Demônio, do Gustavo Cruz Jorge. Não é de hoje que nos livros e nas telinhas mulheres bonitas aplicam golpes em milionários e saem impunes. Nesse conto, Gustavo captou bem isso. A bela Sra Gillian é a personificação da mocinha indefesa e a última pessoa que a polícia irá suspeitar. Pelo menos até que ela cometa um deslize.

Nesses dois contos eu gostei de como os autores desenvolveram seus personagens e transmitiram seus sentimentos e ações para os leitores. Todos tratam de mulheres perigosas e fatais, porque, desde que o mundo é mundo, a mocinha pode se tornar vilã. No primeiro texto o sentimento de escárnio pela mãe de Marina me inundou, mas, por outro lado, em Bela Como o Demônio, a atitude da Sra Gillian que já era esperada pelo leitor, fez com que eu sentisse empatia e desejasse que ela escapasse. É o autor que molda o vilão fazendo com que o odiemos ou não.

Bem, é isso. Ressaltei os dois contos que mais gostei e se vocês se interessaram tem outros dez contos esperando para serem conferidos.

Juntas, essas mulheres fatais, detetives ou escritoras, foram responsáveis por mais crimes e soluções que qualquer pessoa do mundo real. Não brinque com elas. Podem te manipular ao bel-prazer delas e… Acabar com você!

Contos:

Jeito Fatal — Amélia Greier

Busca Pela Vingança — Beatriz Andrade da Silva

Rasga-Mortalha — Bruno Sérvulo

E os Abutres Dizem Amém — Cecília Torres

Bela Como o Demônio — Gustavo Cruz Jorge

Roubos — Jéfferson Terra

Máscara — Narjara Oliveira

Calando a Sujeira — Perla de Castro

Blameless — Regiane Silva 

Brinco de Pérolas — Rô Mierling

Anônimas — Thaynara Melo 

Reforço — Viviane Dutra

18056840_423493011357965_5146718501232362055_n

~Duda Almeida

Anúncios

24 comentários sobre “[Resenha] Antologia Mulheres Fatais

  1. Olá
    Confesso que não leio muitas antologias, mas achei essa proposta bem interessante. Deve ser ótimo poder conferir sobre essas mulheres e pelo que passaram, além de suas características mais marcantes. Gostei de conferir sobre os que você mais gostou, mas fiquei curiosa sobre os outros diante de cada título.
    Beijos, F

    Curtir

  2. Olá,
    Soube da antologia quando ainda estava em processo seletivo e fiquei bem curiosa para saber o que ela teria, já que a sinopse me deixa bem intrigada.
    É muito bom que seu primeiro contato com o trabalho da editora tenha sido tão positivo e que os contos foram bem desenvolvidos, tendo a representatividade que você estava sentindo um pouco de falta.

    LEITURA DESCONTROLADA

    Curtir

  3. Oie, tudo bom?
    Adoro contos, e amei saber que é um livro repleto de mulheres fortes e decididas. Amei a capa também, é raro encontrar um livro de contos tão completo assim! Parabéns pela resenha! Espero poder conferir a obra em breve!

    Curtir

  4. Olá Duda! Tudo bom contigo?
    Bom, eu também não tive muito contato com essa editora, mas achei a premissa muito interessante. Adoro o formato de contos, costuma ser uma leitura rápida e prática, também me agradou demais a narrativa girar em torno de figuras femininas fortes. Sou fã de livros com personagens mulheres que mostram que o sexo não é apenas frágil.

    Curtir

  5. Oi!
    Adoro essas antologias realizadas pela editora.
    Essa me chamou muita atenção pelo foto serem mulheres fortes e que não precisam de homens para defendê-las.
    O bom é que o livro trás vários contos e assim podemos conhecer várias histórias com mulheres inspiradoras

    Curtir

  6. Oi, Duda!
    Os contos parecem incríveis! ^^
    Gostei da premissa de “Bela Como o Demônio”. Vou dar uma conferida nesse livro depois.
    Obrigada pela dica!
    Beijão!
    Blog La Garota
    Blog As Meninas Que Leem Livros

    Curtir

  7. OIe, Gostei muito da resenha e dos contos que você mais gostou.
    Já vi o livro em outro blog e achei engraçado como a capa parece muito inspirada em Laranja Mecânica.
    Vou anotar a dica do livro, mas por enquanto estou dando um tempo em livros policiais.
    Beijos
    Blog Relicário de Papel

    Curtir

  8. Olá Duda ! Fico muito feliz de que tenha gostado do conto e do livro, muito bom ter esse feedback ! Adorei a resenha ! Além de falar do meu conto, claro,rs, é muito bem escrita, e uma boa resenha é um negócio complicado de fazer. Tipo de texto que pessoalmente tenho dificuldade prá escrever.

    Curtir

  9. Oi.
    Achei a premissa bem interessante, mas não é o gênero que gosto. Meio que fujo desse gênero pq a leitura não desenrola rs.
    Concordo qndo vc fala q deveria ter mais mulheres como protagonistas, mas sem aqueles mimimis que vemos em alguns livros. Mulheres fortes, corajosas que sabem se defender sozinhas e ser totalmente independente.
    Sua resenha ficou muito boa. Parabéns. 🙂
    Obrigada pela visita no Blog As Meninas Que Leem Livros.
    Bjs.

    Curtir

  10. Olá!! Não conhecia o livro e fiquei bem interessada por ser de contos e principalmente como as mulheres em foco. E como adoro gênero policial fiquei bem curiosa sobre os contos.
    Dica anotada!!! 😊

    Livro ao Avesso.

    Curtir

  11. Oie! Tudo bem?

    Já vi esse livro por ai, mas essa é a primeira resenha que leio realmente dele e nossa parece ser muito bom mesmo, principalmente por conter contos focados nas mulheres e escritos por grandes escritores, com certeza irei atrás para realizar a leitura!

    Bjss

    Curtir

  12. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia esse livro e confesso que não costumo ler muitos contos, sabe? Mas lendo sua resenha fiquei muito curiosa, achei bem interessante ser contos com foco em mulheres e esses dois contos que você comentou parecem ótimos, em especial o Jeito Fatal, que parece ser bem angustiante de acompanhar mesmo.

    Beijos :*

    Curtir

  13. Oi! Adorei a premissa dos contos que você descreveu. Único problema é de serem contos, e eu acabo me empolgado, torcendo para que as histórias continuem rsrs
    Beijos!

    Curtir

  14. Oi Duda, tudo bem?
    Eu também sinto falta da representatividade feminina em alguns aspectos e livros policiais era um deles, então fiquei bastante contente com a proposta dessa antologia. Gostei de ler suas impressões sobre os dois contos e acho incrível como certos autores possuem o dom de fazer com que nós leitores sintamos empatia até pelos vilões, no caso, vilã. Anotei a dica!

    Beijos! ♥

    Curtir

  15. Uau, bem na hora que você questionou sobre representatividade, que legal!!
    Não conhecia o livro, achei a ideia interessante, melhor ainda se tivessem sido escritos também por mulheres hahaha. A capa é que eu não gostei nadinha…

    ourbravenewblog.weebly.com

    Curtir

  16. OLÁ…
    Adorei sua resenha!!!
    Não conhecia a obra em questão, mas, fiquei bastante interessada a leitura, pois, ela traz temas bastantes relevantes, isso sem falar na premissa que me conquistou logo de cara também!
    Fiquei com vontade de ler e já vou botar nos desejados 😉
    Beijos

    Curtir

  17. Oiee Duda ^^
    Vi sobre essa antologia algumas vezes, mas como eu não gosto do gênero policial, não sinto tanta curiosidade de conhecer. É claro que, quando a gente vê livros com protagonistas femininas e cujas histórias não giram em torno de um cara, o interesse bate, né? Fiquei curiosa para ler os contos.
    MilkMilks ♥

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s